Notícias

28/10/2015

Mercedes-Benz Vision Tokyo: Connected Lounge

Subscreva a nossa newsletter


O Vision Tokyo é a mais recente experiência da Mercedes-Benz. A sua estrutura monolítica, design futurista e um ambiente único no interior, semelhante a uma sala de estar, definem-no como luxuoso, jovem e progressivo tornando-o desta forma num tributo à medida da metrópole sofisticada e promotora de novas tendências que é Tóquio. Espacialmente eficiente, versátil e inteligente, o Vision Tokyo que também tem capacidade de conduzir de forma autónoma é um transformador urbano que reflete o crescente espírito jovem da marca Mercedes-Benz. Ao mesmo tempo, este veículo inovador de cinco lugares dá continuidade a uma tradição de veículos concept onde se inclui o Vision Ener-G-Force (Los Angeles, novembro de 2012), o AMG Vision Gran Turismo (Sunnyvale, 2013) e o G-Code (Beijing, novembro de 2014). 

 

A cidade de Tóquio, capital do Japão, tem cerca de nove milhões de habitantes, numa área de apenas 622 quilómetros quadrados – mais pequena do que Paris, mas com uma população quatro vezes superior. Esta metrópole representa uma combinação fascinante de tradição com tecnologia de ponta, que define constantemente novas tendências – sendo o local ideal para a apresentação do Mercedes-Benz Vision Tokyo.

 

Este será exibido a uma audiência internacional pela primeira vez no Salão Automóvel de Tóquio (de 30 de outubro a 7 de novembro de 2015).

Gorden Wagener, Diretor de Design da Daimler AG: “O Mercedes-Benz Vision Tokyo incorpora o conceito de uma sala de estar automóvel para uma geração futura de metrópoles. A pureza e sensualidade do visual do Vision Tokyo definem uma nova interpretação de luxo moderno da Mercedes-Benz.” A mensagem conceitual do veículo reflete o crescente apelo ao espírito jovem da marca Mercedes-Benz, e à perceção da mesma como uma marca de design que define tendências de estilo. O Vision Tokyo é a criação dos designers que trabalham nos Estúdios de Design Avançado da rede global da Mercedes-Benz.

 

A seguir ao concept F 015 Luxury in Motion, uma limousine de luxo com condução autónoma, será apresentado o Vision Tokyo, com o qual a Mercedes-Benz pretende mostrar como o automóvel do futuro pode ser transformado numa sala de estar – uma zona de repouso no meio do trânsito caótico da metrópole.

 

O Vision Tokyo é uma homenagem à Geração Z urbana, as pessoas nascidas desde 1995 que cresceram com os novos meios de comunicação. Para esta geração global, a função do veículo foi alterada: já não serve simplesmente para transportar, sendo agora considerado um companheiro automóvel. O Vision Tokyo vai ainda mais longe: algoritmos inovadores permitem-lhe evoluir constantemente; os sistemas Deep Machine Learning e Predictive Engine significam que com cada viagem, o veículo familiariza-se cada vez mais com os seus ocupantes, os seus gostos e preferências. Todas as suas características tornam o Vision Tokyo o parceiro perfeito para a Geração Z.

 

O espaço do Vision Tokyo marca uma nova abordagem conceitual da divisão de Veículos Ligeiros de Passageiros Mercedes-Benz. Estas proporções são enfatizadas pela pintura monocromática Alubeam e pelos vidros laterais na cor do veículo. Estes conferem privacidade aos ocupantes do veículo, permitindo ao mesmo tempo a entrada de luz suficiente no interior e uma vista desobstruída para o exterior. As superfícies e as linhas iluminadas a azul – entre estas, as jantes de 26 polegadas e as saias laterais – destacam cores surpreendentes e revelam o sistema de propulsão elétrica livre de emissões do veículo concept.

 

Ao invés de um para-brisas convencional, o Vision Tokyo possui um painel de vidro curvo – similar ao do cockpit de um barco a motor. Tal como no caso do AMG Vision Gran Turismo, os faróis dianteiros estão colocados nas extremidades laterais a um certo ângulo. A área dianteira do veículo pode ser utilizada para suportar um ecrã onde será exibida uma série de diferentes funções de iluminação. Se estiver a ser reproduzida música no interior do veículo, o ecrã irá indicar por exemplo um padrão de som, semelhante a um gráfico de frequências. O vidro traseiro é circundado por cubos LED de cor vermelho, que conferem um efeito de profundidade. Mais uma vez, a tecnologia LED pode ser bem aplicada como luz indicadora ou como parte da função de análise.

 

As dimensões do Vision Tokyo (comprimento/largura/altura: 4803/2100/1600 mm) são comparáveis às de um veículo de segmento médio. Até cinco passageiros poderão aceder ao interior do veículo através da porta do lado esquerdo de abertura ascendente, ideal para a metrópole do Japão, onde o trânsito circula pelo lado esquerdo da via. A disposição convencional dos bancos em linhas é portanto redundante, pois neste caso não existem bancos “dianteiros” ou “traseiros”: aqui os passageiros sentam-se num sofá oval de grandes dimensões. Esta disposição única semelhante à de uma sala de estar, permite que todos os passageiros a bordo possam desfrutar dos benefícios da condução autónoma. Mesmo que os membros da “Geração Z” sejam frequentes utilizadores das redes sociais, também preferem o contacto pessoal sempre que possível. É por esta razão que a disposição dos bancos foi otimizada, precisamente com vista à comunicação direta entre pessoas. Na forma de sala de estar contemporânea, o Vision Tokyo permite aproximar as pessoas. Com o veículo em modo de condução autónoma, os passageiros podem descontrair e dialogar, sem necessidade de se preocuparem com a condução no trânsito intenso.

 

Atrás dos passageiros estão instalados ecrãs LED de grandes dimensões. Os bancos perfurados possuem retroiluminação, criando um ambiente de tecnologia de ponta que confere um contraste com o acabamento suave da superfície em pele clara. As aplicações, mapas e ecrãs do sistema de entretenimento tomam a forma de hologramas tridimensionais no espaço interior.

 

Se for necessário um controlo manual do Vision Tokyo ao invés da condução autónoma, é possível virar um banco para o sentido de viagem a partir do centro do sofá na dianteira, não sendo necessário mudar para um banco do posto de condução. Desta forma, também o volante é movido da sua posição de repouso para a posição de condução.

 

A carroçaria do Vision Tokyo, foi desenhada por forma a permitir a integração de um sistema de propulsão elétrica alimentado por células de combustível, com sistema de proteção contra uma potencial colisão. Este sistema é baseado no pioneiro F-CELL PLUG-IN HYBRID do concept F 015 Luxury in Motion, e combina a geração de eletricidade a bordo com uma bateria de alta tensão particularmente potente e compacta, que pode ser carregada por indução eletromagnética. Para o armazenamento do hidrogénio são utilizados depósitos de pressão construídos em CFRP. O sistema híbrido elétrico tem uma autonomia total de 980 quilómetros, dos quais 190 quilómetros são proporcionados pela bateria de alta tensão, enquanto 790 quilómetros através da eletricidade produzida na célula de combustível.

 

O Vision Tokyo dá continuidade a uma tradição de veículos visionários, que incluem o Vision Ener-G-Force (Los Angeles, novembro de 2012), o AMG Vision Gran Turismo (Sunnyvale, 2013) e o G-Code (Beijing, novembro de 2014). Graças à natureza global da Mercedes-Benz Design, estes veículos adotam sugestões de tendências locais de design, cultura e mobilidade, tornando-as o foco principal do respetivo conceito de mobilidade. Ao mesmo tempo, estes veículos incorporam um visual bastante mais avançado do que a próxima geração de veículos.

 

Global Advanced Design – Estúdios da Mercedes-Benz Design

No que diz respeito às atividades do Global Advanced Design, a Mercedes-Benz baseia-se numa rede global: os designers e modeladores dos cinco estúdios Advanced Design em Carlsbad (EUA), Sunnyvale (EUA), Como (Itália), Beijing (China) e Sindelfingen (Alemanha), estudam ideias para os veículos de um futuro próximo – e de um futuro mais longínquo.






 
 

 

Peugeot apresenta novo 508

Tudo muda no novo PEUGEOT 508: nova arquitetura, rebaixada e compacta, novo design exterior fluido e musculado, e interior espetacular que integra uma nova interpretação do PEUGEOT i-Cockpit®. O novo PEUGEOT 508 promete, ass...
by Edmar
0

 
 

A Volvo apresentou a nova Volvo V60.

Numa apresentação que decorreu online na página de facebook oficial da marca, os internautas ficaram a conhecer a nova carrinha Volvo. Tendo por base a nova plataforma SPA da Volvo – Scalable Product Architecture, util...
by Edmar
0

 
 

Citroen apresenta novo Berlingo

Criadora do segmento dos Veículos Multifunções em 1996, a Citroën desvendou o novo Berlingo. Uma terceira geração que dá continuidade à saga de uma silhueta diferente, simples e funcional, que soube inovar ao longo do t...
by Edmar
0

 

 

Mercedes apresenta ao mundo novo Classe A

O novo Mercedes-Benz Classe A mantém o mesmo aspeto dinâmico que já o caracteriza, mas agora com argumentos tecnológicos nunca vistos neste segmento. Redefine totalmente o luxo moderno na classe de veículos compactos e rev...
by Edmar
0

 
 

PEUGEOT 308 ESTREIA TRÊS MOTORES EURO 6.2d

Antecipando-se em nada menos do que 2 anos à normativa europeia Euro 6.2d em matéria de emissões poluentes, cuja obrigatoriedade está agendada para o ano de 2020, a PEUGEOT acaba de lançar no mercado nacional três novos m...
by Edmar
0

 




style="display:inline-block;width:728px;height:90px" data-ad-client="ca-pub-9971066314982170" data-ad-slot="3157887545">

0 Comments


Be the first to comment!


Deixe uma resposta


Últimas
 



 
Pular para a barra de ferramentas