Ensaios

23/04/2015

Mercedes Classe C híbrido: o melhor ou nada

Subscreva a nossa newsletter


Lançado em 2014, o novo Classe C é novo em quase tudo. Mas o que mais salta a atenção é o seu design, com uma frente agressiva e uma traseira elegante que o tornam o mais belo do segmento e um dos mais belos carros do mercado.

Para compreender a importância do Classe C para a marca e para o mercado temos que recuar no tempo até à sua génese nos anos 80, altura em que foi lançado o aclamado 190. A decisão da sua construção foi uma das mais ponderadas da história da Mercedes, em causa estava a sua reputação, pela primeira vez na sua história ia sair da sua zona de conforto, as grandes berlinas de luxo, para entrar nas berlinas familiares.

A decisão da sua construção deveu-se, principalmente à crise petrolífera dos anos 70, sendo os carros da Mercedes até então carros de luxo, eram naturalmente mais gastadores. No entanto, esta era uma decisão arriscada, pois o segmento era um segmento onde quase todos os construtores generalistas marcavam presença e tinham créditos firmados

O resultado de tanta ponderação e cuidado foi o que se chama “over engineering”, ou seja, um carro à prova de tudo. E o resultado foi um êxito instantâneo.

Passados 33 anos o Classe C já não é o “Baby Benz” (como foi apelidado), esse título pertence ao Classe A, no entanto, é o carro mais vendido em todo o mundo pela Mercedes. Essa é a enorme responsabilidade que recaí sobre a 5ª geração e depois de 4 dias ao volante, podemos garantir que o objectivo foi alcançado.

2014-Mercedes-Benz-C-Class-C300-BlueTec-Hybrid-Exclusive-Line-2-2560x1600

O que mais se destaca nesta geração é o design, a Mercedes nunca gostou de arriscar com o seu best seller e o seu design nunca desiludiu, mas também nunca foi dos mais apaixonantes. E numa altura em que essa filosofia é seguida pelos rivais de Inglostad e Munique, a Mercedes toma a dianteira e apresentou um belo carro, apaixonante.

Se nos anos 80 o mercado era disputado por quase todas as marcas, no século XXI o tabuleiro é dominado por estas 3 marcas. Mas as prioridades são as mesmas: qualidade de produto e consumos reduzidos, e é nesta lógica que entra em cena o novo C300 Hybrid, o modelo que testámos.

Para quem não sabe como funciona um carro híbrido, resumidamente podemos dizer que se tratar de um automóvel com dois motores. Neste caso especifico um motor diesel, o sobejamente conhecido 2.2, neste caso com 204 cavalos e um motor eléctrico com 50 cv. Não se assuste com a gestão dos dois motores, sendo a sua utilização despoletada de acordo com as necessidades de momento e o modo de condução seleccionado (Eco, confort, Sport e Sport +).  Nos dois primeiros modos ajuda nos consumos, reduzindo a carga exigida ao motor diesel, reduzindo os consumos. Nos dois modos desportivos entrega mais potencia ao eixo traseiro. Tornando a resposta ao acelerador instantânea (eliminado o turbo lag, ou seja, a demora da resposta do Turbo) e este modo é absolutamente viciante.

MERCEDES-BENZ-C-Class--W205--5080_16

Tudo isto é comandado pelo centro multimédia, apelidado pela Mercedes de Command. No ecrã central, que parece um tablet inserido habilmente na consola central pode acompanhar o fluo de energia e potência entregue ao eixo traseiro. E também o carregamento das baterias, que acontece quando se trava. As vantagens? mais potência, menos consumo e menos imposto (Neste caso paga menos 2700€ de ISV que a versão 220 Bluetec, que utiliza o mesmo motor).

De motor e design exterior estamos falados, vamos sentar na posição mais desejada, a do condutor. Aqui somos o rei e senhor de toda a informação e dos controlos. E o controlo de todo passa pelo já referido Command. Que nesta geração inclui um “joystick” (na falta de melhor termo) táctil, onde por gestos podemos controlar tudo o que se passa no ecrã. Também podemos recorrer à tradicional roda.

Mercedes-C-Class-Hybrid-09

No command conseguimos controlar tudo no carro, desde os settings de condução, ao rádio, GPS e multimédia. Esta funcionalidade elimina a maioria dos botões, tendo a consola central apenas os botões, quais teclas, para o ar condicionado. Dando um ar limpo e vanguardista a todo o habitáculo.

Na consola central encontramos apenas mais dois botões, um do volume multimédia e outro para seleccionarmos entre os modos de condução Eco, confort, Sport e Sport +. Pela Adrenalina que percorre o nosso corpo, preferimos o modo Sport +, embora a carteira preferia o Eco…

Para terminar, só temos que concluir que Mercedes fez um excelente trabalho e realmente conseguiu-o.






 
 

 

Peugeot apresenta novo 508

Tudo muda no novo PEUGEOT 508: nova arquitetura, rebaixada e compacta, novo design exterior fluido e musculado, e interior espetacular que integra uma nova interpretação do PEUGEOT i-Cockpit®. O novo PEUGEOT 508 promete, ass...
by Edmar
0

 
 

A Volvo apresentou a nova Volvo V60.

Numa apresentação que decorreu online na página de facebook oficial da marca, os internautas ficaram a conhecer a nova carrinha Volvo. Tendo por base a nova plataforma SPA da Volvo – Scalable Product Architecture, util...
by Edmar
0

 
 

Citroen apresenta novo Berlingo

Criadora do segmento dos Veículos Multifunções em 1996, a Citroën desvendou o novo Berlingo. Uma terceira geração que dá continuidade à saga de uma silhueta diferente, simples e funcional, que soube inovar ao longo do t...
by Edmar
0

 

 

Mercedes apresenta ao mundo novo Classe A

O novo Mercedes-Benz Classe A mantém o mesmo aspeto dinâmico que já o caracteriza, mas agora com argumentos tecnológicos nunca vistos neste segmento. Redefine totalmente o luxo moderno na classe de veículos compactos e rev...
by Edmar
0

 
 

PEUGEOT 308 ESTREIA TRÊS MOTORES EURO 6.2d

Antecipando-se em nada menos do que 2 anos à normativa europeia Euro 6.2d em matéria de emissões poluentes, cuja obrigatoriedade está agendada para o ano de 2020, a PEUGEOT acaba de lançar no mercado nacional três novos m...
by Edmar
0

 




style="display:inline-block;width:728px;height:90px" data-ad-client="ca-pub-9971066314982170" data-ad-slot="3157887545">

0 Comments


Be the first to comment!


Deixe uma resposta


Últimas
 



 
Pular para a barra de ferramentas